Postado em

Festa “Black June” está no calendário oficial do Estado

Atrações confirmadas na festa.

A festa já faz parte do calendário estadual de turismo e chega a sua nona edição neste fim de semana. A Black June é uma das maiores festas juninas do Estado de São Paulo e apesar de estar, oficialmente, em sua nona edição começou há mais de 50 anos, quando um morador do bairro Vila Alemã, conhecido como Santana, fazia uma festa no dia 12 de junho para comemorar seu aniversário. Na ocasião, ele chamava toda a comunidade e oferecia comidas e bebidas típicas das festas juninas.

Muitos anos depois, a festa se tornou tradição e tem como diferencial a exaltação à cultura afrodescendente. Davi Romualdo, um dos organizadores da festa e membro da Família Bronx, explica que a festa tem como objetivo utilizar a cultura popular como ferramenta para resgatar as raízes da comunidade negra, abrindo espaços para as manifestações populares de raiz como a congada, a umbigada, o tambu, o samba e o jongo se estendendo para novos meios de manifestação como o samba-rock e o hip-hop.

“O evento visa ampliar os conhecimentos sobre a cultura afro, afirmando sua identidade e sua história”, destaca.

Por todo o seu histórico, no ano passado, foi aprovado o Projeto de Lei 443/2017, assinado pelas deputadas Márcia Lia e Leci Brandão e pelo deputado Aldo Demarchi, que propõe a inclusão da festa Black June, no calendário turístico estadual.

Segundo Davi, “essa aprovação coloca o evento com importância similar a outros que sempre nos espelhamos e participamos como o centenário Baile do Carmo em Araraquara, Festa de São Benedito em Tietê e Feira Preta em São Paulo”.

Neste ano, mais uma vez o evento recebe apoio do governo, já que, trata-se de uma programação gratuita e aberta ao público. Davi comenta que o incentivo do governos municipal e estadual são de suma importância para a realização de eventos populares com entrada franca como esse.

“Desde a primeira edição temos apoio do governo municipal para a realização do evento e, há alguns anos, conquistamos o apoio do Governo Estadual por meio da Secretaria de Cultura do Estado e da Coordenadoria de Gêneros e Etnias.”

Davi explica que o apoio auxilia na contratação de artistas de renome, de diferentes gêneros musicais que dificilmente a comunidade em geral poderia prestigiar sem custo algum.

“Provavelmente, seria inviável realizar um evento com este nível cultural sem ter como base um retorno financeiro direto como a cobrança de bilheteria para poder custear uma estrutura deste porte”, acrescenta.

ATRAÇÕES DESTE ANO DA “BLACK JUNE”

Neste ano, além dos artistas da cidade e região, estão confirmadas as presenças do rapper Renan Inquérito, do sambista Ronaldinho, integrante de um dos maiores grupos de Samba de todos os tempos, Fundo de Quintal, que se apresentam no sábado (28).

No domingo (28), a Banda Bola de Meia, referência dentro do Samba-Rock e o consagrado DJ da 105FM Easy Nylon estará tocando o melhor da Black Music. A expectativa é de que neste ano, cerca de 10 mil pessoas passem pelo local nos dois dias de evento. Na festa haverá comidas e bebidas típicas dessa época do ano, e acontecem apresentações de artistas negros.

(Fonte: Diário do Rio Claro)

Sobre o deputado

O deputado Aldo Demarchi foi vereador, presidente da Câmara, vice-prefeito e prefeito de Rio Claro, cidade onde nasceu. Deputado estadual eleito seis vezes consecutivas, ele presidiu várias CPIs, coordenou e foi membro de Comissões Parlamentares na Assembleia Legislativa, como a de Transportes e Comunicação, de Financiamento, Orçamentos e Planejamento, e de Educação.

Por duas gestões, fez parte da mesa diretora da Alesp como Segundo Secretário. Formado em administração de empresas e tecnólogo em máquinas e motores, Aldo defende o ensino estadual gratuito para quem não tem condições financeiras de pagar pelos estudos e contribuiu para a implantação de novos cursos e unidades, como a Fatec, em várias cidades paulistas.

A segurança dos motoristas que utilizam as rodovias paulistas também é uma das preocupações do deputado, um dos mais atuantes em ações que garantem a conservação e melhorias de estradas que cortam todas as regiões do Estado.

Aldo trabalha ainda para a preservação do meio ambiente e da saúde da população. Defensor da agricultura orgânica, ele é um dos autores do projeto de lei que originou a Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica, considerada um marco no setor.

O deputado também contribuiu para a instalação de equipamentos voltados a agilizar o atendimento e garantir mais dignidade à população paulista – entre eles, Poupatempo, Ame (Ambulatório Médico de Especialidades) e Restaurantes do programa Bom Prato.

Saiba mais sobre o trabalho do deputado Aldo Demarchi.

Acesse nossa página no facebook, instagram e youtube.